Que medalha linda a do Cielo, na natação!

*Bia e Branca

Oi amigos do blog!

Para a nossa felicidade, novamente iniciamos um post comemorando uma conquista do César Cielo. Fomos à loucura com a vitória dele nos 50 metros nado livre. Ficamos emocionadíssimas, assim como todo o Brasil.

Para alguns, essa conquista foi uma surpresa. Como ele nada fora do País, seus resultados são pouco conhecidos do grande público. Mas o César já vinha conquistando marcas expressivas há algum tempo e o pessoal do meio aquático sabia muito bem das reais chances que ele tinha.

Também ficamos felizes com o resultado do Thiago Pereira. Apesar de não ter trazido uma medalha, conseguiu melhorar seu próprio tempo nos 200m medley. O problema é que desta vez ele enfrentou adversários fortíssimos da seleção dos Estados Unidos, ao contrário dos Jogos Pan-americanos.

Se a natação nos trouxe muita felicidade, não podemos dizer o mesmo da ginástica artística. Ficamos bem tristes pelo que aconteceu com o Diego Hypólito, na prova de solo. Mas essas coisas acontecem, nem sempre é o seu dia. Ele é um excelente atleta e com uma cabeça muito boa.

Já no nado sincronizado, ficamos indignadas com o resultado do dueto brasileiro, formado pela Lara Teixeira e a Nayara Figueira. As meninas foram injustiçadas, pois tiveram performance melhor do que a de muitos outros conjuntos. Não passaram à final por questões políticas. Sem dúvida, o que fez a diferença foi a tradição de outros países, o que, infelizmente, é o critério número um dos árbitros.

Uma feliz surpresa desta semana olímpica foi a conquista da vela feminina, com a medalha de bronze de Fernanda Oliveira e Isabel Swan, na classe 470. Foi muito legal ver mais mulheres rompendo barreiras no esporte brasileiro.

Continuaremos torcendo por medalhas. Nesta semana, temos boas condições de subirmos ao pódio na vela, vôlei de praia e de quadra, futebol feminino, salto em distância, salto triplo…

Estamos acompanhando tudo de perto, praticamente trocamos de fuso horário!

Boa sorte a todos os brasileiros

Beijos

Bia e Branca

Bia e Branca – As gêmeas, de 20 anos, são integrantes da equipe do Banco Cruzeiro do Sul. Formam um dueto harmonioso no nado sincronizado brasileiro.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: