Judô volta com três medalhas

* Danielle Zangrando

O Brasil terminou sua participação no judô nos Jogos Olímpicos de Pequim com três medalhas de bronze, ganhas pelos dois judocas do peso-leve Ketleyn Quadros e Leandro Guilheiro e pelo meio-médio Tiago camilo. Bom ter medalhas!

O Brasil ainda ficou com o quinto lugar com a meio-pesado Edinanci Silva e os sétimos lugares de Eduardo Santos e João Gabriel Schlittler.

O peso-pesado João Gabriel, de 23 anos, medalha de bronze no mundial de 2007, foi o último a lutar na China. Venceu, na estréia, o ucraniano Yevgen Sotnikov, por yuko.

Na luta seguinte, João Gabriel teve dificuldade para vencer o atleta da Estônia, Martin Padar, no golden score (prorrogação) por yuko.Devido ao desgaste da luta anterior, o brasileiro foi derrotado pelo cubano Vidal Brayson por ippon de imobilização, o mesmo judoca que o derrotou no Pan do Rio, no ano passado.

Na repescagem, João passou fácil pelo libanês Rudy Hachache por ippon.Na final da repescagem enfrentou o atual campeão mundial, o francês Teddy Riner. Schlittler jogou de ippon logo no início da luta, que não foi marcado pela arbitragem.

Na seqüência, o francês venceu por ippon. Na minha opinião, infelizmente, houve erro de arbitragem. O francês e o cubano que derrotaram Schlittler ficaram com a medalha de bronze. No judô, são distribuídos dois bronzes.

Danielle Zangrando

Danielle Zangrando, de 28 anos, é judoca da equipe do Banco Cruzeiro do Sul. Já disputou Olimpíada e sabe a sensação. Desta vez, estará aqui no Brasil como comentarista da Globo e do SporTV. Danielle confessa seu amor ao esporte e ao judô.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: